Além das atividades mais conhecidas, como desapropriar fazendas e assentar famílias de trabalhadores rurais, a autarquia desenvolve uma série de atividades, geralmente por meio de parcerias, para a manutenção e desenvolvimento dos assentamentos. Veja a seguir:

Cadastro e seleção
O Incra cadastra e faz a seleção das famílias que querem ser assentadas. Nem todo mundo pode ser assentado. Ficam excluídos, entre outros, os funcionários públicos, profissionais liberais, aqueles com altos salários ou com algum tipo de incapacidade que
o impeça de produzir na terra.
Repasse de créditos
Créditos de vários tipos são repassados aos assentados. Desde o crédito para se instalarem dentro do assentamento, até os créditos
para investimento na produção, passando pelos créditos para reforma e construção de casas.
O Incra repassa e fiscaliza a aplicação dos recursos. Os assentados pagam pelos créditos que recebem.
Parcelamento
O Incra faz o Plano de Desenvolvimento do Assentamento, que define o tipo de produção viável e o tamanho e localização de cada parcela a que as famílias têm direito. É o passo inicial da existência de um assentamento.
Abertura de Estradas
Para obras como abertura e recuperação de estradas (incluindo construção de pontes e bueiros), o Incra repassa recursos às Prefeituras conveniadas para execução das obras.
Assistência Técnica
Também via convênios com o Estado (Emater) ou outras entidades (Sebrae), o Incra oferece serviço de assistência técnica a boa parte dos assentamentos.
Água
Para solucionar ou amenizar o problema dos assentamentos com acesso restrito à água potável, o Incra e a Funasa firmaram Termo de
Cooperação Tecnica para a abertura de poços artesianos e implantação de um sistema de abastecimento.
Energia elétrica
Através do Programa Luz Para Todos, os assentados têm prioridade na instalação da energia. Em Goiás, a CELG é a operadora e executora do
programa que tem recursos do Governo Federal e é administrado por
um comitê gestor.
Educação
Parcerias com a Universidade Federal de Goiás e Universidade Estadual de Goiás, com repasse de recursos pelo Incra, possibilitam a criação de cursos para assentados, da alfabetização à formação superior.
Cidadania
Também em parceria com diversos ministérios, o Incra coordena o mutirão de documentação da trabalhadora rural, que emite gratuitamente para os assentados e acampados documentos como carteira de identidade, CPF e carteira de trabalho.
Retomada de parcelas
O Incra fiscaliza, identifica, notifica os envolvidos e retoma as parcelas
irregularmente ocupadas ou aquelas abandonadas e procede ao assentamento de novas famílias de trabalhadores rurais sem-terra na parcela retomada.
Regularização de território quilombola
O Incra também é responsável pela identificação e regularização fundiária dos territórios de remanescentes dos quilombos.
Georreferenciamento e CCIR
O georreferenciamento de imóveis de todo o Estado, incluindo os assentamentos, é feito pelo Incra, que ainda é responsável pela emissão do Certificado de Cadastramento do Imóvel Rural, necessário sempre que houver alteração na posse do imóvel.