Programa de educação na reforma agrária completa 20 anos

info-pronera-20-4

Parabéns aos alunos, professores, educadores, pareceiros, coordenadores e às equipes do Incra e dos movimentos sociais que fazem parte do Pronera, o Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária.

Abril é o mês em que o Pronera completa 20 anos de muito trabalho, oferecendo gratuitamente aos trabalhadores rurais assentados e acampados cursos que vão da alfabetização à especialização.

O Pronera é a maior iniciativa em educação do campo voltada exclusivamente para o público beneficiário da reforma agrária.

Em Goiás, são parceiros do Incra na execução do Programa a Universidade Federal de Goiás, a Universidade Estadual de Goiás e o IF Goiano, entre outros, além dos movimentos sociais de luta pela terra.

Comemore conosco essa conquista!

Anúncios
Programa de educação na reforma agrária completa 20 anos

Segurança: poda de árvores suspende atendimento nesta sexta (13)

PODA

A sede do Incra Goiás ficará interditada, nesta sexta-feira (13), para a poda ou corte das árvores que ameaçam a segurança dos usuários e servidores da autarquia.

A medida levou em conta as fortes chuvas que caíram em Goiânia nas últimas semanas e o risco que as árvores antigas em torno da sede representam para a população.

O atendimento será normal na segunda-feira 16.

 

Segurança: poda de árvores suspende atendimento nesta sexta (13)

Incra consulta população sobre aquisição de 2 fazendas para reforma agrária

A Superintendência Regional do Incra em Goiás realiza duas audiências públicas para apresentar e consultar a população sobre a aquisição de dois imóveis rurais para reforma agrária.

A primeira acontece hoje (03/04), em Nova Crixás (região Noroeste do estado). A audiência será logo mais, às 10 horas, no plenário da Câmara Municipal de Nova Crixás (Praça Três Poderes, Centro).

Na ocasião, será discutida a compra do imóvel rural denominado Fazenda Água Branca, com área registrada de 741 hectares, propriedade de Santa Maria Empreendimentos Imobiliários Ltda.

Já na quarta-feira (04/04), em Crixás (também na região Noroeste do estado), acontece a segunda audiência pública.

A consulta está marcada para as 10 horas, no plenário da Câmara Municipal de Crixás, na Praça Inácio José de Campos, número 12, Centro.

Na ocasião, será discutida a compra do imóvel rural denominado Fazenda São João da Morada Nova, com área registrada de 1.215 hectares, propriedade também da Santa Maria Empreendimentos Imobiliários Ltda.

LEIA-NO-SITE-BLOG-300

Leia mais sobre as audiências no site do Incra!

 

Incra consulta população sobre aquisição de 2 fazendas para reforma agrária

Prefeitura de Montividíu do Norte e Incra estudam convênio para pagamento do crédito Fomento Mulher

O superintendente regional do Incra em Goiás, Eurípedes Malaquias de Sousa, recebeu hoje (27) em seu gabinete a prefeita de Montividiu do Norte, Jacira Martins Fernandes Paiva, conhecida como Cirinha, e a secretária de Agricultura e Meio Ambiente do município, Lenice Martins Fernandes (Nicinha).

Elas discutiram com a equipe do Incra/GO forma de estabelecer acordo de cooperação técnica com órgão para pagamento do crédito Fomento Mulher.

Esta variante de crédito estimula a implantação de projeto produtivo sob responsabilidade da mulher titular do lote, no valor de até R$ 3.000,00 (três mil reais), em operação única, por família assentada, de acordo com o Decreto 9.066, de 31/05/2017.

De acordo com o chefe substituo da Divisão de Desenvolvimento, Jandilson Oliveira, a expectativa é que até final de abril o termo de cooperação seja assinado.

No município de Montividiu do Norte existem 13 assentamentos da reforma agrária, concentrando mais de 660 famílias de trabalhadores rurais.

Prefeitura de Montividíu do Norte e Incra estudam convênio para pagamento do crédito Fomento Mulher

Titulação: “Valeu a pena cada dia debaixo da lona”

Foi com sorrisos, aplausos, assobios, emoção e agradecimentos a Deus que as famílias assentadas beneficiadas comemoraram o recebimento dos títulos definitivos dos lotes onde moram.

Em solenidades em três municípios, do dia 21 ao dia 23, a Superintendência Regional do Incra entregou títulos definitivos dos lotes a 79 famílias, moradoras dos assentamentos Francisco Roque da Cruz, Padre Galileu Martins, São José do Rosário e Padre Nilo.

Casal Iraíldes Silva e Emanuel Souza recebem o título definitivo do superintendente-substituo do Incra, Gilson Filho

Para o casal de trabalhadores rurais assentados do São José do Rosário, Iraíldes Silva e Emanuel Souza, o título coroa mais de uma década de luta e perseverança na terra.

“Valeu a pena cada dia debaixo da lona; minha intenção é morrer nesta terra”, declarou emocionada dona Iraíldes Silva, fazendo referência ao período em que viveram em barracas de lona enquanto pressionavam para que o Incra adquirisse a terra onde vivem hoje.

O tom de coroação dos anos de luta também é o do agricultor Daniel Cipriano, morador do assentamento Francisco Roque da Cruz há 10 anos. “É o que a gente mais esperava na vida!”, comemorou.

Sem esquecer as lutas do passado, os mais novos titulados não perdem de vista o futuro.

O casal Eliane Martins e Silvio Oliveira, do assentamento Padre Galileu, vêem o título da terra como independência e condição para conseguir financiamentos melhores junto às instituições financeiras.

O sentimento é o mesmo do agricultor Emanuel Souza. Segundo ele, o soho de todo assentado é trabalhar para valorizar ainda mais a “terra que a gente conseguiu”.

Para o superintendente subsitituto da Superintendência Regional do Incra em Goiás, Gilson Oliveira Filho, a expectativa do Incra ao titular as famílias é que os assentados “sejam promissores no campo, abracem e impulsionem bons negócios na agricultura familiar”.

Já a diretora de Política Agrícola da Federação dos Trabalhadores Rurais na Agricultura Familiar no Estado de Goiás (Fetaeg), Sueli Pereira, também presente às solenidades, destacou a liberdade trazida pela titulação ao dar a posse definitiva da terra ao assentado.

Liberdade, independência, reconhecimento. O título definitivo é o documento através do qual o Incra repassa ao assentado a posse e o domínio da terra que ele ocupa no assentamento.

Mas a transferência definitiva não se resolve na titulação. Gilson Filho recomendou aos beneficiados que providenciem, o mais breve, a escrituração da terra. “Não guardem este documento na gaveta”, alertou.

clique nas fotos abaixo para ver em tamanho real:

 

Titulação: “Valeu a pena cada dia debaixo da lona”

Reforma agrária de papel passado: Incra entrega títulos da terra a famílias do assentamento Francisco Roque da Cruz

go-entregatitulos-gameleira

 

Em solenidada à sombra das gameleiras do núcleo do assentamento, na tarde de hoje, o Incra entregou 07 títulos da terra a famílias do assentamento Francisco Roque da Cruz, no município de Fazenda Nova.

Amanhã à tarde é a vez das famílias dos assentamentos Padre Galileu Martins da Silva e São José do Rosário ( município de Jaupaci) receberem o título da terra.

Na sexta, tem entrega de títulos no assentamento Padre Nilo, em Iporá.

 

 

Reforma agrária de papel passado: Incra entrega títulos da terra a famílias do assentamento Francisco Roque da Cruz