Casarão histórico em assentamento da reforma agrária será centro cultural de Goianésia

Casarão em assentamento será Centro Cultural

O superintendente regional substituto do Incra em Goiás, Alberto Batista e o prefeito de Goianésia (GO), Jalles Fontoura, assinaram pela manhã, na sede da prefeitura, o termo de doação que repassa ao município de Goianésia o casarão que era sede da antiga fazenda Itajá, onde hoje está implantado o assentamento Presente de Deus.

A medida visa preservar o imóvel, que é patrimônio histórico cultural de Goianésia e adaptá-lo para receber equipamentos públicos.

Segundo o plano de uso apresentado pela prefeitura, a primeira ação do município será a restauração do casarão, preservando a arquitetura e cores originais.

Em seguida, o casarão será aparelhado para funcionar como centro cultural, com museu, biblioteca, internet e espaço para cursos e eventos.

O plano prevê que a Biblioteca Pública será gerida com a participação dos assentados locais, que receberão treinamento para atender a população.

Os computadores e a internet, com Wi-fi acessado até 100 metros do prédio, também estarão à disposição das famílias para treinamento e cursos.

Como o assentamento fica a 15 quilômetros da cidade de Goianésia, o centro cultural será utilizado para o convívio social e cultural tanto pelos assentados como pela comunidade.

Pelo termo, o casarão e os demais prédios com compunham a sede da fazenda Itajá deverão ser preparados para “funcionarem como museu da história do município de Goianésia”.

Presente de Deus

O assentamento Presente de Deus foi criado em 2001, implantado na antiga fazenda Itajá- desapropriada em 1998 por ser improdutiva.

O local tem 4.377 hectares e tem 136 famílias de trabalhadores rurais assentadas pelo Incra.

Goianésia  fica na região do Centro Goiano e abriga outros dois assentamentos: Vitória, com 58 famílias e Itajá II, com 18 famílias.

Casarão histórico em assentamento da reforma agrária será centro cultural de Goianésia

Patrimônio histórico, casarão em assentamento do Incra será doado ao município de Goianésia

Incra vai doar casarão histórico para município de Goianésia

O Incra vai doar ao município de Goianésia, a sede da antiga fazenda Itajá, onde atualmente existe o assentamento Presente de Deus.

O objetivo é garantir a preservação do casarão, tombado como patrimônio histórico cultural do município.

A cerimônia de doação acontece amanhã às 10h, na sede da Prefeitura de Goianésia.

Segundo o superintendente regional substituto do Incra em Goiás, Alberto Batista, a doação é o instrumento ideal para preservar o imóvel. “O Incra ou a associação de moradores do assentamento não dispõem de recursos para preservar e gerir o casarão”, lembrou.

“O casarão receberá instalações públicas apropriadas. Isso vai beneficiar a comunidade toda, mas principalmente os assentados”, informou Alberto Batista.

O assentamento Presente de Deus foi criado em 2001, na antiga fazenda Itajá – desapropriada pelo Incra por ser improdutiva.

No local moram 136 famílias de trabalhadores rurais.

Foto: arquivo prefeitura de Goianésia

Patrimônio histórico, casarão em assentamento do Incra será doado ao município de Goianésia

Após aprovação em audiência, Incra formaliza decisão de comprar fazenda Água Forra, em Niquelândia (GO)

Incra Goiás oficializa compra da fazenda Água Forra, em Niquelândia (GO)

O Incra Goiás oficializou a decisão de comprar a fazenda Água Forra, em Niquelândia.

No local será implantado um assentamento da reforma agrária, com capacidade para 61 famílias de trabalhadores rurais sem terra.

A portaria que traz a decisão foi publicada no último dia 21, no Diário Oficial da União.

O Incra vai investir R$ 8,49 milhões (terra nua e benfeitorias) na aquisição do imóvel, de 1,36 mil hectares.

Após instrução, o processo será remetido para a sede da autarquia, em Brasília, para aprovação e liberação dos recursos.

Se aprovado, esse será o 11º assentamento implantado pelo Incra no município de Niquelândia.

Transparência e consentimento
A compra do imóvel já foi aprovada pela população em audiência pública, realizada em 30 de abril, e pelo Conselho de Decisão Regional do Incra Goiás.

A área será adquirida através do processo de compra, regulado pelo Decreto 433/92.

Por esse instrumento só é possível comprar imóveis produtivos e com a concordância do proprietário.

Após aprovação em audiência, Incra formaliza decisão de comprar fazenda Água Forra, em Niquelândia (GO)

Incra vai rever cálculos antes de comprar fazenda Bacuri

Incra revê cálculos sobre quantidade de famílias a serem assentadas na fazenda Bacuri

Técnicos do Incra vão rever os cálculos sobre o tamanho dos lotes e o número de famílias a serem assentadas na fazenda Bacuri, no município de Goiás.

A revisão foi solicitada pelos presentes à audiência pública realizada pelo Incra, dia 06 de agosto, para divulgar a compra da fazenda Bacuri.

Os técnicos da Divisão de Obtenção do Incra Goiás também vão adequar os cálculos às novas normativas do Incra publicadas após a finalização do laudo agronômico realizado pela autarquia.

A proposta de compra da fazenda será reapresentada em nova audiência pública, no dia 04 de setembro, na Câmara Municipal de Goiás.

Incra vai rever cálculos antes de comprar fazenda Bacuri

Embrapa qualifica assistência técnica contratada pelo Incra

Embrapa capacita técnicos de assistência técnica que prestam serviço nos assentamentos do Incra

Técnicos das empresas contratadas pelo Incra para prestar assistência técnica nos assentamentos receberão capacitação em bovinocultura pela Embrapa.

A capacitação de quatro dias, a ser oferecida a 25 profissionais dentre zootecnistas, veterinários, técnicos agropecuários e engenheiros agrônomos, abordará aspectos como nutrição de gado de leite; alimentação e manejo de bezerros e novilhas, inclusive na entressafra, além de mercado leiteiro nacional e mundial.

“A bovinocultura de leite é a principal atividade nos assentamentos de Goiás. Conhecendo novos estudos e técnicas, os profissionais de Ater irão inovar nas orientações e atividades de campo”, frisa Yuri Silva Pires, do serviço de Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) do Incra.

Esta será a segunda rodada de capacitação dos técnicos oferecida em parceria com a Embrapa.

Do dia 17 a 20 de agosto serão treinados técnicos das empresas S&A Consultoria, Márcio Plantas e Fundater. Prestadores de serviço da empresa Zootec já passaram pela capacitação.

O objetivo da parceria é qualificar o serviço de assistência técnica nos assentamentos da reforma agrária em Goiás.

A capacitação abarcará 80% dos técnicos de todas as empresas contratadas que trabalham em campo orientando 4.467mil famílias em 79 assentamentos.

Segundo Yuri Silva, a Embrapa e o Incra planejam novos treinamentos e os temas a serem tratados estão em discussão, sempre com foco para atividades tradicionais nos assentamentos.

A parceria não tem custo para o Incra nem para empresas beneficiadas pela capacitação.

Embrapa qualifica assistência técnica contratada pelo Incra

Há 8 anos: aula inaugural da 1ª turma especial de Direito do país teve preleção do ministro do STF Eros Grau

Há 8 anos o ministro do STF Eros Grau realizava a aula inaugural da primeira turma especial de Direito (UFG) exclusiva para assentados

Há exatos oito anos, no dia 17 de agosto de 2007, o então ministro do Supremo Tribunal Federal, Eros Grau, realizava, na Cidade de Goiás, a aula inaugural da primeira turma especial de Direito do país voltada exclusivamente para assentados e agricultores familiares.

A experiência inédita foi realizada pelo Incra Goiás, em parceria com a Universidade Federal de Goiás (UFG), com recursos do Programa Nacional de Educação na Reforma Agrária (Pronera).

Os 60 alunos de todo o país aprovados no vestibular da UFG estudaram os cinco anos de curso no Campus Avançado da universidade na Cidade de Goiás.

Há 8 anos: aula inaugural da 1ª turma especial de Direito do país teve preleção do ministro do STF Eros Grau